Interessante

A condição de desligamento

A condição de desligamento


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

01de 08

Produção a curto prazo

Westend61 / Getty Images

Os economistas distinguem o curto e o longo prazo em mercados competitivos, entre outras coisas, observando que, no curto prazo, as empresas que decidiram entrar em um setor já pagaram seus custos fixos e não podem sair totalmente do setor. Por exemplo, em um curto espaço de tempo, muitas empresas estão comprometidas em pagar um contrato de arrendamento no espaço de escritório ou varejo e devem fazê-lo, independentemente de produzirem ou não alguma saída.

Em termos econômicos, esses custos iniciais são consideradoscustos irrecuperáveis- custos que já foram pagos (ou foram comprometidos com o pagamento) e não podem ser recuperados. (Observe, no entanto, que o custo do aluguel não seria um custo irrecuperável se a empresa pudesse sublocar o espaço para outra empresa.) Se, a curto prazo, uma empresa em um mercado competitivo enfrenta esses custos irrecuperáveis, como decide quando produzir saída e quando desligar e não produzir nada?

02de 08

Lucro se uma empresa decide produzir

Se uma empresa decide produzir produtos, seleciona a quantidade de produtos que maximiza seu lucro (ou, se lucro positivo não for possível, minimiza sua perda). Seu lucro será então igual à sua receita total menos o custo total. Com um pouco de manipulação aritmética, bem como as definições de receita e custos, também podemos dizer que o lucro é igual ao preço do produto multiplicado pela quantidade produzida menos o custo fixo total menos o custo variável total.

Para dar um passo adiante, podemos observar que o custo variável total é igual ao custo variável médio vezes a quantidade produzida, o que nos dá que o lucro da empresa é igual ao preço de saída vezes a quantidade menos o custo fixo total menos o custo variável médio vezes a quantidade produzida, como mostrado acima.

03de 08

Lucro se uma empresa decidir encerrar

Se a empresa decide encerrar e não produzir nenhum resultado, sua receita por definição é zero. Seu custo variável de produção também é zero por definição, portanto, o custo total de produção da empresa é igual ao seu custo fixo. O lucro da empresa, portanto, é igual a zero menos o custo fixo total, como mostrado acima.

04de 08

A condição de desligamento

Intuitivamente, uma empresa deseja produzir se o lucro ao fazê-lo for pelo menos tão grande quanto o lucro ao encerrar. (Tecnicamente, a empresa é indiferente entre produzir e não produzir se ambas as opções gerarem o mesmo nível de lucro.) Portanto, podemos comparar os lucros que obtivemos nas etapas anteriores para descobrir quando a empresa realmente estará disposta a produzir. Para fazer isso, apenas configuramos a desigualdade apropriada, como mostrado acima.

05de 08

Custos fixos e condição de desligamento

Podemos fazer um pouco de álgebra para simplificar nossa condição de desligamento e fornecer uma imagem mais clara. A primeira coisa a notar quando fazemos isso é que o custo fixo é cancelado em nossa desigualdade e, portanto, não é um fator em nossa decisão sobre a desativação ou não. Isso faz sentido, uma vez que o custo fixo está presente, independentemente de qual curso de ação é adotado e, portanto, logicamente não deve ser um fator na decisão.

06de 08

A condição de desligamento

Podemos simplificar ainda mais a desigualdade e chegar à conclusão de que a empresa desejará produzir se o preço recebido por sua produção for pelo menos tão grande quanto seu custo variável médio de produção na quantidade de produção que maximiza o lucro, como mostrado acima.

Como a empresa produzirá com a quantidade maximizada de lucro, que é a quantidade em que o preço de sua produção é igual ao seu custo marginal de produção, podemos concluir que a empresa escolherá produzir sempre que o preço que receber por sua produção estiver em menor que o custo variável médio mínimo que ele pode alcançar. Isso é simplesmente o resultado do fato de o custo marginal cruzar o custo variável médio com o mínimo do custo variável médio.

A observação de que uma empresa produzirá no curto prazo se receber um preço por sua produção que seja pelo menos grande, pois o custo variável médio mínimo que ela pode alcançar é conhecido como condição de desligamento.

07de 08

A condição de desligamento em forma de gráfico

Também podemos mostrar a condição de desligamento graficamente. No diagrama acima, a empresa estará disposta a produzir a preços iguais ou superiores a Pmin, pois esse é o valor mínimo da curva de custo variável médio. A preços abaixo de Pmin, a empresa decidirá desligar e produzir uma quantidade zero.

08de 08

Algumas notas sobre a condição de desligamento

É importante ter em mente que a condição de desligamento é um fenômeno de curto prazo, e a condição de uma empresa permanecer em um setor a longo prazo não é a mesma que a condição de desligamento. Isso ocorre porque, no curto prazo, uma empresa pode produzir, mesmo que produza resultados em uma perda econômica, porque não produzir resultaria em uma perda ainda maior. (Em outras palavras, produzir é benéfico se, pelo menos, gerar receita suficiente para começar a cobrir os custos fixos irrecuperáveis.)

Também é útil observar que, embora a condição de desligamento tenha sido descrita aqui no contexto de uma empresa em um mercado competitivo, a lógica que uma empresa estará disposta a produzir no curto prazo, contanto que a receita disso abranja os custos variáveis ​​(ou seja, recuperáveis) de produção são mantidos para empresas em qualquer tipo de mercado.



Comentários:

  1. Mehn

    Frase bastante útil

  2. Terrin

    Você pensou em tal resposta incomparável?

  3. Domhnall

    Excelente frase e é devidamente

  4. Tokasa

    Diga -nos que você mesmo escreveu ou emprestou de alguém, se você mesmo, então esta é uma opinião bastante interessante



Escreve uma mensagem